Blogs e Colunas

COLUNA EDER BOARO: Trabalhamos ou Produzimos?

Hoje, excepcionalmente, reproduzo um texto do amigo e empresário Gustavo Bozetti, diretor da MasterMind Treinamentos, que me trouxe muitas reflexões. E você, como se vê no seu trabalho?

Trabalhamos ou Produzimos?

Faz tempo que observo pessoas em seus locais de trabalho e já vi de tudo. Pessoas lixando unhas, conversando, mexendo no celular… Eu mesmo, quando era funcionário, volta e meia caia nessas armadilhas. Mas o que me chamou atenção foi um episódio acontecido faz alguns meses, em um shopping de Porto Alegre. Entrei na loja e vi 4 atendentes atrás do balcão, conversando, lixando as unhas, mexendo no celular. Compraria apenas uma lembrança, um agrado, um mimo. Como percebi que o assunto atrás do balcão estava “rendendo”, ao invés de eu pedir ajuda, resolvi observar como seria o atendimento prestado, até porque não quis atrapalhar o bate-papo. Permaneci na loja por uns 15 minutos, peguei o que queria, até que me aproximei do caixa, com os produtos nas mãos. Aí veio a surpresa: os 4 funcionários ficaram me olhando por um tempo até que uma, constrangida, veio me cobrar. Fiquei pensando: O que estas pessoas estão fazendo ali? Trabalhando? Não. Estão passando o tempo…

Cada vez mais a tecnologia está ao alcance de nossas mãos como ferramenta para melhorar a nossa gestão e a nossa performance profissional. Hoje, muitos dados estão sendo coletados através de softwares, equipamentos, leitores, mas infelizmente algumas pessoas não estão nem comprometidas com as atividades corriqueiras do dia a dia. Acolher o cliente no estabelecimento, tratar as pessoas como gostaríamos de ser tratados, são pontos básicos, mas que poucos fazem.

Aí vem o questionamento: das 44 horas semanais que somos contratados para trabalhar, quantas dessas horas nós realmente produzimos?

Estudos comprovam que os cidadãos norte-americanos são em torno de 4 vezes mais produtivos do que os brasileiros (e não em horas/dia). A cada item vendido numa loja brasileira, são vendidos 4 itens nas norte-americanas. Hoje o Brasil foi ultrapassado pelo Vietnã no ranking de exportação da OMC. Como um país que foi destruído pela guerra que terminou em 1975, com uma população de pouco mais de 90 milhões de habitantes, em um pequeno território, consegue se organizar e ocupar tal espaço no cenário mundial?

Construir uma Cultura Organizacional não é fácil, mas é possível. Pessoas medianas dentro Cultura de Alto Desempenho, produzem resultados de Alto Desempenho. E pessoas de alto desempenho dentro de uma Cultura de baixo desempenho, tem seu potencial desperdiçado. Nada, absolutamente NADA, é mais forte do que a Cultura. Precisamos transformar a nossa.

Eder Boaro é instrutor Master Mind e colunista político

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios