DestaquePolícia

Cinco vão a júri popular por homicídio de integrante de facção criminosa oposta

A sessão no tribunal do júri da comarca de Chapecó, nesta sexta (25), terá cinco réus. Eles respondem por homicídio, tentativa de homicídio, cárcere privado e associação criminosa armada. O julgamento iniciará às 9h da manhã no fórum da comarca.

Três deles serão julgados pela morte de um homem ocorrida na madrugada do dia 19 de fevereiro de 2017, na saída de um baile em Cordilheira Alta. De acordo com a denúncia, a vítima comunicou ser integrante de uma facção criminosa rival a qual os autores fazem parte.

A mulher que acompanhava o homem foi levada, no próprio carro, a uma residência no bairro São Pedro, em Chapecó, onde teria ocorrido o “tribunal do crime”. Os cinco acusados decidiram pela morte dela já que era testemunha do homicídio do companheiro. Os réus teriam levado ela, no mesmo carro, até uma rodovia onde disparam diversas vezes contra a mulher. Depois que o grupo saiu, a nova vítima pediu ajuda e foi socorrida.​

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios