DestaqueEconomia

Chapecoenses preveem gasto médio para a Páscoa maior que no estado

A Páscoa, que neste ano será em 31 de março, envolve um período de intensificação do movimento comercial, principalmente na busca por chocolates. Para avaliar como poderá ser o movimento de compras para esse período, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio/SC) realizou pesquisa de intenção de compras. Foi realizada entre os dias 21 de fevereiro e 4 de março, com 2.100 pessoas entrevistadas em sete cidades, entre elas Chapecó, juntamente com Blumenau, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joinville e Lages.

⏬Quer receber notícias no seu celular?⏬
Clique AQUI e receba NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP
Acesse nosso grupo de NEGÓCIOS/CLASSIFICADOS

Conforme o levantamento, o gasto médio previsto no Estado é de R$ 228,42 por pessoa, valor maior do que o registrado no ano anterior, de R$ 169,81. Em Chapecó, de acordo com número divulgado pelo Sindicato do Comércio (Sicom), a previsão do gasto médio é maior do que a média estadual e chega a R$ 261,07, o terceiro valor registrado, depois de Lages e Blumenau. Chapecó também possui dado considerável em relação à forma de pesquisa de preços preferida. A cidade tem o maior número de consumidores que, para as compras de Páscoa, pretendem utilizar a internet para o levantamento, 38,3%. A média estadual é de 54,9% com a ida às lojas para pesquisar e 17,3% pelo meio virtual.

Os dados divulgados indicam que no Estado 81,5% dos consumidores apresentam preferência de presentear com chocolates e 11,7% devem optar por brinquedos. O local de compras preferido compreende supermercados, com 42,5%, o comércio de rua com 36,4% e lojas de shopping com 12,1%. Outro dado é de 42,7% dos entrevistados consideram-se em situação financeira melhor em relação ao ano passado.

Preço, qualidade e atendimento

Em termos de ações que o consumidor indica preferir nesta Páscoa quanto aos estabelecimentos e produtos, informações da pesquisa da Fecomércio sintetizadas pelo Sicom especificam a valorização do preço compatível, da qualidade e do atendimento. Entre os entrevistados, 33,1% priorizam o preço, 19,4% a qualidade, 15,1% o atendimento e 11,8% as promoções. A maior parte das compras será realizada na semana da Páscoa, preferência indicada por 65,7% dos consumidores ouvidos.

Em relação à forma de pagamento, 89,4% optarão por quitar em dinheiro à vista. Especificamente quanto à modalidade de pagamento, em dinheiro é a preferência de 29,8%, seguindo-se cartão de débito (24,5%), PIX (19,7%) e o cartão de crédito à vista (15,4%).

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios