Chapecoenses gastarão em média R$ 168 com presentes do Dia das Mães

FOTO: Arquivo/Divulgação/Fecomércio

O Dia das Mães é a segunda data comemorativa mais importante para o comércio, depois do Natal. Além de provocar incremento nas vendas, estimula a movimentação econômica de praticamente todos os segmentos do comércio. Para avaliar como está essa tendência, uma pesquisa de intenção de compras para este período foi realizada em Chapecó, numa ação conjunta do Sindicato do Comércio (Sicom) e da Federação do Comércio de Santa Catarina (Fecomércio). Também ocorreu, a cargo da federação, nas cidades de Blumenau, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joinville e Lages, com entrevistas de 2.099 pessoas, de 8 a 16 de abril.

Conforme o levantamento, o gasto médio no Estado será de R$ 168,43, valor acima ao do ano passado, que foi de R$ 164,81. Em Chapecó, o valor a ser destinado para a compra dos presentes de Dia das Mães se mantem estável, de R$ 168,41 em 2018 para R$ 168,00 previstos para este ano.

Entre os consumidores de Chapecó, 47% apresentam preferência para presentear com vestuário e 15,1% devem optar por perfumes/cosméticos. Além disso, para presentear no Dia das Mães, 72,2% dos consumidores farão pesquisa de preço. Quanto ao local onde as compras serão realizadas, 84,6% realizarão no comércio de rua, seguindo-se as opções por shopping e internet.

De acordo com o Sicom Pesquisas, que apoiou o levantamento em Chapecó, 47,2% dos chapecoenses apontam melhora na condição financeira comparada ao ano passado, enquanto 32,8% indicam estabilidade e 20,1% piora. Já em relação à forma de pagamento, 68,2% dos chapecoenses optarão pela quitação em dinheiro à vista. Em seguida vêm as opções parcelado no cartão de crédito, em 12%, e à vista no cartão de crédito, com 8,7%.

Além de movimentar o comércio tradicional, o Dia das Mães também gera impactos para o setor de serviços. É grande o número de famílias que aproveitam o dia para realizar alguma programação especial, em restaurantes ou com familiares. Em Chapecó, 69,2% dos entrevistados disseram que irão almoçar ou jantar na casa de parentes.

Ações do comércio

Ainda conforme o levantamento, os consumidores chapecoenses estão de olho nas ações do comércio. Diante disso, 34% dos entrevistados em Chapecó indicaram que valorizam as promoções, preferência que é seguida pelo preço (28%) e pelo atendimento (23%). (Informações Extra Comunica).