DestaqueEsportes

Chapecoense vence de virada e abre dez pontos do vice-líder da Série B

Se a saudade do torcedor estava grande, a partida desta sexta (20), contra o Sampaio Corrêa, serviu para compensar os 10 dias sem jogo do Verdão. Na casa do adversário – vice-líder da Série B – a Chapecoense venceu por 3 a 1 e se isolou, ainda mais, na liderança da competição, abrindo dez pontos do segundo colocado. E o embate foi eletrizante,  com todos os elementos que uma grande partida exige: uma virada heroica e o brilho da estrela de Umberto Louzer, que colocou em campo, na etapa complementar, Alan Santos e Mike, que marcaram o segundo e o terceiro gol e fecharam a conta aberta pelo artilheiro Anselmo Ramon.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

O jogo

O início de partida foi favorável ao Sampaio Corrêa que, nos seus domínios, teve maior posse de bola e controle das ações do jogo. Com dificuldade para sair jogando e para encontrar espaços na defesa adversária, a Chape viu, aos 32, um pênalti ser anotado para o time maranhense, que converteu com Caio Dantas – artilheiro da Série B – e abriu o placar. O Verdão, no entanto, não se abateu ou intimidou, e ainda no primeiro tempo buscou a igualdade no marcador: aos 46, Busanello cruzou e Anselmo Ramon cabeceou no contrapé do goleiro, sem chance de defesa.

O gol no final da primeira etapa animou a equipe alviverde para o segundo tempo e, com apenas 16 minutos, o Verdão assumiu a vantagem no duelo. E o gol da virada foi com a marca da superação: Alan Santos – que havia acabado de entrar em campo e fazia o seu segundo jogo após nove meses afastado dos gramados por conta de lesão – apareceu na pequena área para empurrar, com o joelho, para o fundo da rede. Na sequência, aos 30, para ampliar a vantagem e confirmar a flechada, foi a vez de Mike marcar o seu primeiro gol com a camisa verde e branca. O camisa 17 recebeu, na medida, do meia Denner – que também havia acabado de ingressar no jogo – e sacramentou a vitória.

Palavra do treinador

Após a vitória, o técnico Umberto Louzer falou sobre a dificuldade do confronto e valorizou a mudança de postura da equipe para o segundo tempo. “Demoramos para nos adaptar, jogar aqui contra o Sampaio Corrêa é muito difícil. Sem querer colocar desculpa, mas o gramado é muito pesado, mais fofo do que a gente é acostumado a jogar. Conversamos isso com os atletas no intervalo e tivemos que mudar o nosso comportamento também. (…) No segundo tempo fomos mais agressivos e quando tivemos a bola não demos de graça para o adversário”.

Próxima partida

O próximo compromisso do Verdão é na terça-feira (24), na Arena Condá. Às 21h30, a Chape recebe o Cruzeiro em partida válida pela 23ª rodada da Série B.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios