Destaque

Chapecó já vacinou todos os funcionários da saúde da rede municipal

Todos os 1,5 mil funcionários da rede municipal de Saúde já foram vacinados contra a Covid-19 em Chapecó, segundo o gerente de Vigilância da Secretaria de Saúde do município, Rodrigo Momoli.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

“Já vacinamos os profissionais dos ambulatórios e Centros de Saúde da Família, também os hospitais, os idosos em instituição de longa permanência, metade da população indígena e agora vamos iniciar a vacinação dos cerca de 1,5 mil profissionais de saúde que estão em clínicas, farmácias e consultórios médicos e odontológicos”, disse Momoli.

A forma de cadastramento deve ser anunciada ainda nesta quinta-feira, em reunião do Comitê de Enfrentamento ao Covid, que será realizada na Prefeitura Municipal.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Secretaria da Saúde, Lígia Schacht, o município já recebeu 9.587 doses das vacinas Coronavac e Oxford-AstraZeneca. São 6.220 para a primeira dose e 3.367 para a segunda dose.

Até o início da tarde desta quinta-feira já tinham sido vacinadas 3.674 pessoas. A segunda dose da Coronavac começa a ser aplicada no 28º dia após a primeira dose. As primeiras doses foram aplicadas no dia 19 de janeiro.

No primeiro grupo de vacinação estão 16 mil pessoas, incluindo profissionais de saúde, idosos com mais de 60 anos e que estão em asilos, idosos com mais de 75 anos e indígenas.

A Administração Municipal de Chapecó oficializou na última segunda (1°), o interesse em 20 mil doses da vacina russa Sputnik, junto ao laboratório responsável pela distribuição no Brasil. O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, disse que tão logo seja liberada a vacina, Chapecó fará a aquisição, para ampliar a imunização no município.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios