Cerca de 10 mil pessoas visitam a 30ª Feira de Pássaros de Chapecó

Entrega do prêmio do projeto Jovem Criador - Foto Assessoria de Imprensa

De um lado, o colorido dos pássaros. Do outro, o delicioso perfume das orquídeas. Assim foi a 30ª Feira de Pássaros e Orquídeas que ocorreu na sede da Sociedade Oeste de Ornitologia (SOCO), em Chapecó, entre os dias 5 e 8 de setembro. O evento, que reuniu apreciadores de pássaros e plantas, contou com a presença de cerca de 10 mil visitantes, superando a expectativa de público estimada da SOCO.

Ao todo, foram expostos mais de 400 pássaros de criadores de Chapecó e região. Além disso, estavam à disposição dos visitantes cerca de 700 espécies de orquídeas produzidas em Campo Largo (PR), pelo produtor Rogério Genari. Ele já participa do evento organizado pela SOCO há seis edições e comemora os resultados da feira. “Mais uma vez vendemos muito bem aqui em Chapecó, superando as expectativas. Temos clientes fiéis aqui em Chapecó e esperamos voltar nas próximas edições da feira para atender novamente este público”, assegura o produtor.

O associado da SOCO, Claudio Ioriati, agradece a todos que estiveram presentes e ressalta que a feira foi um sucesso. “Nós recebemos um público muito além do que imaginávamos. Esperávamos umas 4 mil pessoas e recebemos cerca de 10 mil pessoas durante os quatro dias de evento. Foi muito bacana. Só temos a agradecer o público e também à imprensa que nos ajudou a divulgar este importante trabalho”, afirma.

Evento da SOCO superou a expectativa de público dos organizadores – Foto Assessoria de Imprensa

Jovem criador

Um dos destaques da feira foi a realização do projeto Jovem Criador, que já está em sua 2ª edição. O concurso de desenhos é desenvolvido pela SOCO em parceria com o Colégio Marista São francisco. O objetivo é estimular as crianças a iniciarem a criação consciente de pássaros.

A atividade envolveu alunos de três turmas do 2º ano do Ensino Fundamental do Marista. Os estudantes visitaram a feira na quinta (5) e voltaram para o ambiente escolar com a missão de desenharem um pássaro. Após passar por uma avaliação dos associados da SOCO, três desenhos foram escolhidos. Foram avaliados critérios como originalidade, beleza, ambiente, contexto, ideia e posicionamento.

Crianças e adolescentes puderam aprender mais sobre espécies de pássaros e orquídeas – Foto Assessoria de Imprensa

Os campeões foram presenteados com pássaros de três espécies: canário belga, calopsita e agapórnis. As crianças retiraram os pássaros na tarde de sábado (7), durante a feira, ao lado dos pais. Os alunos que melhor representaram os pássaros foram: Alice Ribeiro, da turma 21, Nina Dini Dávi, da turma 22, e Gabriel Michelin, da turma 23.

A mãe da Nina, Karina Dini, conta que a filha passou a semana inteira desenhando pássaros para se preparar para a competição. “Foi muito legal! Ela estava querendo muito ganhar e até orou para conseguir. Nós ficamos muito felizes”, destaca. Piter foi o nome escolhido por Nina para o seu mais novo mascote. “Eu estava confiante, já tinha dado o nome antes mesmo de ganhar”, acrescenta a vencedora.

A representante do Colégio Marista, Magda Lajus, ressalta que o projeto muito importante para as crianças. “É uma oportunidade única das crianças vivenciarem esse convívio com os pássaros e adquirem mais conhecimento sobre as espécies”, destaca.

Para o presidente da SOCO, André Braga de Miranda Ramos, ver o brilho nos olhos das crianças ao receberem os pássaros é o que faz o projeto Jovem Criador valer a pena. “Hoje, com a presenta de celulares e outros equipamentos eletrônicos, o contato com os animais e com a natureza se tornou cada vez mais raro na vida das crianças. O projeto da SOCO traz para a vida delas a oportunidade de vivenciar esse contato e, além disso, ensina as crianças a terem responsabilidade”, finaliza.  (Por Flávia Motta/Assessoria de Imprensa).