Destaque

Centro Empresarial de Chapecó tem nova diretoria

Presidentes das 16 instituições que fazem parte do Centro Empresarial de Chapecó (CEC) elegeram nesta terça (10), os componentes da diretoria para o próximo ano. Em substituição a Djalma Velho de Azevedo, foi eleito para a presidência Cidnei Luiz Barozzi, da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic). As 16 instituições integrantes do CEC representam todos os setores da economia em 109 municípios do Oeste de Santa Catarina.

Integram a nova diretoria, ainda, Adilson Campos, do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico da Região de Chapecó (Simec), como vice-presidente, Deneraci Perin, do Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística de Chapecó (Sitran), como secretário, e Ilseo Rafaeli, do Sindicato das Indústrias Madeireiras e de Móveis do Vale do Rio Uruguai (Simovale), como tesoureiro.

O atual presidente lembrou que foi vice-presidente por dois anos e mais um como presidente. Djalma Azevedo assinalou o trabalho realizado no decorrer deste ano e desejou sucesso à nova diretoria.

Já o presidente eleito agradeceu a confiança das 16 entidades, através de 14 sindicatos e duas entidades empresariais que integram o CEC. Cidnei Barozzi destacou que Chapecó a cada dia tem novos desafios e precisa crescer organizadamente. “É necessário pensar as próximas pautas, inclusive porque 2020 será um ano eleitoral”, disse o empresário. Acrescentou a intenção de “criar uma agenda, definir assuntos e agregar prioridades, de forma a ter claro a quem cobrar as demandas, dentro de bandeiras conjuntas a serem tratadas pelas entidades empresariais”. (Informações Extra Comunica).

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios