Destaque

Cartórios de SC registram 626 óbitos por suspeita ou confirmação de covid e fazem alerta para fake news

Os cartórios de Santa Catarina registraram 626 óbitos por suspeita ou confirmação de Covid-19 de 16 de março a 16 de julho de 2020, última data de atualização dos dados (as informações de 17/7 ainda não estão totalmente apuradas e/ou atualizadas no sistema). O balanço consta no Portal da Transparência do Registro Civil, uma ferramenta nacional alimentada por todos os cartórios do Brasil. Desde o início da pandemia do coronavírus o portal conta com uma aba especial para divulgar dados de mortes por covid-19, mortes por causas respiratórias e também por causas cardíacas. “O objetivo dessa divulgação foi conferir mais transparência a dados que são públicos, de forma a contribuir com estudos, projeções e tomadas de decisões por parte de gestores públicos, pesquisadores e profissionais da saúde”, explica Rosina Deeke, presidente da Anoreg/SC, entidade que representa as serventias.

No entanto, quando se trata de dados da covid-19, tem sido comum o Portal da Transparência do Registro Civil ser mencionado como fonte de informações falsas e distorcidas em redes sociais e aplicativos de conversa instantânea, tanto para reduzir quanto para inflar os números. Atualmente, por exemplo, o número de 626 óbitos registrados pelos cartórios é superior aos 588 contabilizados pelas autoridades de saúde no Estado até 16 de julho. Mas é preciso lembrar que a ferramenta dos cartórios também inclui os óbitos suspeitos de Covid-19, ainda não confirmados. “Nenhum número pode ser interpretado desconsiderando o seu contexto. E nesse caso há uma questão legal: é obrigatório que o médico faça constar no atestado de óbito a provável causa da morte, e o mesmo ocorre com o preenchimento do registro de óbito para a certidão”, explica Rosina.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região pelo WhatsApp!

Muitos casos têm a suspeita de covid-19 como causa no atestado de óbito porque nem sempre o resultado do teste fica pronto antes do registro no cartório – mas é legalmente assegurada aos familiares a retificação da certidão de óbito, caso seja necessário. E muitos municípios de Santa Catarina também não exigem a certidão de óbito para o sepultamento, o que pode resultar, por outro lado, em um atraso nos dados apurados nas serventias, pois o prazo para registrar o óbito no cartório é de 15 dias, embora o ideal é que ocorra em 24 horas. “Esse prazo de até 15 dias é outro contexto que precisa ser levado em consideração na leitura dos dados disponibilizados pelas serventias, pois também pode atrasar a contagem dos óbitos no âmbito dos cartórios”, destaca Rosina. O registro do óbito é gratuito para qualquer pessoa em todos os cartórios de registro civil.

Anoreg/SC recomenda consulta para não cair em fake news

A Anoreg/SC recomenda a qualquer pessoa que receber informações sobre mortes relacionadas à pandemia, e que mencionem os cartórios como fonte, que procure acessar o Portal da Transparência do Registro Civil. Como os registros são informados de maneira online no momento em que são efetuados pelas serventias, e os dados são tratados com transparência, qualquer cidadão pode comparar o conteúdo recebido com as informações oficiais constantes no Portal: transparencia.registrocivil.org.br/. A página permite a pesquisa tanto em computadores quanto em dispositivos móveis como celulares e tablets.
Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios