DestaquePolícia

Cancelado júri do homem acusado de atrair vítima pelo WhatsApp

O júri popular que aconteceria nesta terça (24) na comarca de Concórdia foi cancelado. O advogado de defesa pediu adiamento por problemas de saúde. A nova data será definida nos próximos dias e é possível que aconteça já no mês de outubro. O réu está preso preventivamente desde o crime ocorrido em novembro de 2018. Ele é acusado de matar o suposto amante de sua esposa. O crime aconteceu no município de Irani, no Meio-Oeste. O agressor se passou por uma mulher e atraiu a vítima para um local deserto, usando o aplicativo WhatsApp instalado no celular de um irmão falecido.

Em janeiro deste ano, o réu teve habeas corpus negado, por unanimidade, pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, em matéria sob a relatoria do desembargador Ernani Guetten de Almeida. Na tentativa de o réu responder pelo crime em liberdade, a defesa impetrou habeas corpus alegando que ele é primário, possui emprego e residência fixa, além de ser pai de duas crianças pequenas dependentes financeiramente.

No interrogatório, o acusado confessou a autoria e disse que a motivação do crime teria sido envolvimento amoroso entre a companheira dele e a vítima. Em depoimento, a esposa afirmou ter sido vítima de ameaças pelo companheiro, após o crime. O acusado disse à ela que atentaria contra a vida de outro amante da mulher. O processo segue em segredo de justiça.​ (Informações NCI/Comarca de Chapecó).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios