Polícia

Bebê que seria sacrificada para ‘espíritos’ é resgatada pela polícia em caverna

Foi encontrada viva nesta quarta (8), em uma caverna, onde um suposto sequestrador a levou para sacrificá-la a ‘espíritos da floresta’, uma bebê de um ano que estava desaparecida. A pequena Pornsiri Wongsilarung foi sequestrada no último domingo (5) por um homem identificado como Siew, de 44 anos, em um vilarejo remoto na província de Chiang Mai, na Tailândia.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp

Mais de 200 equipes de resgate e voluntários fizeram buscas em casas e bosques próximos. Cachorros farejadores, drones de busca aérea e uma equipe de mergulho também procuravam pela menina em vários lugares onde ela poderia ter se perdido. O suspeito foi preso e admitiu ter sequestrado a criança, deixando-a em uma caverna a cerca de três quilômetros da casa da família. Ele era amigo do pai da menina.

Acredita-se que a criança, também conhecida como Gina, tenha ficado sozinha três dias antes de ser finalmente resgatada de uma cabana de madeira em uma caverna inundada na tarde de quarta-feira (8). Ela vestia apenas uma camisa, estava coberta de picadas de insetos e parecia exausta. O suspeito levou a polícia até o local que teria deixado a menina. Do Visor Notícias

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios