Política

Audiência do FPC com Ministro da Infraestrutura trata de licitação do aeroporto de Navegantes

O senador Jorginho Mello (PL), junto com o coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, deputado Daniel Freitas (PSL), articulou uma reunião com o Ministro Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura, para tratar do edital de licitação do Aeroporto de Navegantes. Jorginho e Daniel estiveram no gabinete do ministro na manhã desta quinta (26) para acertar os detalhes da reunião.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

A reunião ficou marcada para o próximo dia 9 de dezembro, em Brasília. Do encontro, devem participar representantes da Facisc (Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina) e também integrantes do TCU (Tribunal de Contas da União).

No início desta semana, o Fórum e a Facisc participaram de uma reunião virtual com o ministro do TCU, Augusto Nardes, para tratar de supostas irregularidades no edital de licitação de concessão. Contudo, Nardes ressaltou durante a reunião que seria importante buscar o diálogo com Tarcísio para discutir pontos do edital que venham a prejudicar o crescimento do aeroporto.

As entidades empresarias de Santa Catarina temem que o contrato de licitação, da maneira em que está disposto, leve o aeroporto a anos de estagnação, já que o formato da minuta não obriga o concessionário a construir uma nova pista que poderia receber aviões de carga com maior capacidade entre outros pontos. Com isso, o terminal perderia demanda para outros aeroportos como o de Joinville e Curitiba.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios