DestaquePolítica

“Assumo a presidência do legislativo com muita responsabilidade e transparência”, afirma Dr. João

O novo presidente da Câmara de Vereadores de Chapecó, João Marques Rosa (PSL), que foi eleito por unanimidade pelos demais vereadores, durante o ato de posse, começa a planejar os trabalhos de 2021. É a segunda vez que o vereador assume a presidência do legislativo, assim como aconteceu em 2016. Também são integrantes da mesa diretora os vereadores Adão Teodoro (vice-presidente), Wilson Cidrão (1º secretário) e Valdemir Stobe (2º secretário). João Marques Rosa disse que pretende trabalhar de forma ágil, transparente e enxuta com o propósito de respeitar o dinheiro público.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

O presidente ainda destaca que o poder legislativo necessita trabalhar de forma independente, ter boa relação com o executivo e judiciário, mas colocar os anseios dos chapecoenses sempre à frente. “Temos 21 vereadores de diferentes partidos e ideologias políticas. Mas nem as siglas partidárias e nem as suas concepções podem atrapalhar a vida dos moradores de Chapecó”, reitera João Rosa.

As sessões ordinárias voltam a ser retomadas no dia 8 de fevereiro e, quatro vereadores eleitos se licenciarão dos cargos para assumir secretarias municipais: Luiz Paulo Cararo (PSD), Valmor Scolari (PSD), Elisiani Sanches (PSD) e Claimar de Conto (PP). Para o lugar deles, devem tomar posse na câmara, ainda esta semana, os seguintes suplentes: Delvino Dall Rosa (PSD), Luiz Agne (PSD), Mauro Zandavalli (PSD) e João Siqueira (PP).

O novo comandante da Casa Legislativa também espera algumas dificuldades para o ano em função da pandemia. “Porém, o parlamento será parceiro de todas as ações de combate ao Covid e das medidas que possam garantir o trabalho e a renda dos chapecoenses”, finaliza.

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios