Blogs e ColunasDestaque

ARTIGO: Tecnologia e Humanidade

Desembargador ​Ricardo Roesler – Presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

O Poder Judiciário de Santa Catarina, na busca pela melhor prestação jurisdicional caracteriza-se também, dentre tantos outros atributos notáveis, pela vanguarda tecnológica. Na era Moderna Tardia, ou Pós-Moderna –  marcada pela fluidez digital, compromissos virtuais, ambivalência, procura por novos princípios e ressignificação -, o redesenho do relacionamento Estado-cidadão é o traço marcante até porque, nesta sociedade de riscos, a pluralidade de interesses em pauta gera, necessariamente, maior litigiosidade. Daí singularizada, vez mais, a maiúscula importância da justiça brasileira, protagonista constitucional do esforço pelo indispensável equilíbrio e equalização das mais variadas tensões sociais.

Racionalizar o trabalho, automatizar funções repetitivas, reconhecer deficiências para poder corrigi-las, indicar os caminhos com clareza conceitual, concentrar-se no que é realmente fundamental para o bom andamento do processo, liberando o tempo dos Desembargadores e Juízes para que possam realizar o seu melhor: julgar. Este o foco da administração do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que terei a honra de presidir, com a colaboração efetiva e presente de todos os colegas Desembargadores.

Para aproveitar da profusão de tecnologias que se apresentam todos os dias, transformando-as em melhor qualidade de trabalho e atendimento às demandas crescentes, dentre outros projetos já concebidos e arquitetados, criaremos o Laboratório Judicial de Inovação, o LabJud, a exemplo do que se dá noutros Tribunais, com profícuos resultados. Mas viver na tecnologia representa, também, suportar a constante sensação de estarmos sempre atrasados, diante da obsolescência inexorável. Por isso, vale lembrar a definição (ou o alerta) profética de Max Frisch: tecnologia é a habilidade de organizar o mundo de modo tal que não tenhamos que experimentá-lo.

Lado outro, incorporar ciência e tecnologia ao dia-a-dia do Poder Judiciário não pode indicar nossa dispensabilidade ou substituição, até porque a vida humana compõe um projeto fundamentalmente significativo.

Enfim, eis o desafio: inovar, criar, incorporar melhorias sem, contudo, esquecer de nossa verdadeira humanidade e sentido.

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios