Blogs e ColunasDestaque

Artigo: Colono e Motorista, duas categorias essenciais

Todos sabem a situação em que nos encontramos. É um momento atípico no mundo, onde empresas tiveram que paralisar suas funções, colaboradores ajustar a forma de trabalho, o home office ficou conhecido, famílias foram forçadas a ficar dentro de suas casas, cortes econômicos e financeiros precisaram ser feitos, demissões também. O Congresso Nacional está fazendo sua parte, votando projetos e liberando créditos extra orçamentários para todos os setores, inclusive o auxílio emergencial para autônomos e mais vulneráveis, mas infelizmente as consequências desta pandemia demorarão a passar.

Apesar disso, são em momentos como este que avaliamos o que realmente importa, abrindo nossos olhos para quem merece reconhecimento. Assim como os profissionais da saúde, precisamos exaltar os trabalhadores que não pararam nenhum dia sequer – como os colonos e os motoristas, responsáveis em produzir e transportar os alimentos que abastecem a mesa dos brasileiros e todas as demais riquezas que constituem e definem a grandiosidade e a pujança do nosso país continental. Permaneceram e permanecem sempre com suas atividades diárias: gado, suíno, aves, leite, safras, plantas, hortaliças, etc… exigem cuidados, não existe quarentena, feriado, sábado ou domingo.

Desde que cheguei a Brasília, sou um grande defensor destes trabalhadores, pois sou filho do campo e também já atuei na boleia de um caminhão, transportando suínos na juventude, o que me deu a oportunidade de conhecer na pele a dura realidade e respeitar ainda mais o trabalho árduo realizado por produtores e transportadores em todo o Brasil.

É com essa dedicação e suor que nosso país é uma potência mundial, onde os alimentos são fartos e a integração nacional é promovida justamente com o esforço presente nas longas viagens de nossos motoristas. Não é por sorte que em meio a maior crise econômica mundial, o Brasil tenha safras históricas e o agronegócio bata recordes de produção e exportação. Isso se chama trabalho!

Este tradicionalmente é o período onde comemoramos e homenageamos os colonos e os motoristas. Diferente de anos anteriores, o momento permite apenas uma celebração com a tradicional procissão. As grandes festas serão trocadas por lives para comemorar a data. Mas mesmo diante dos percalços enfrentados, renderemos nossas honrarias a vocês, por tão bela contribuição para com nossas vidas. Somos gratos pelas vossas profissões, por isso meu muito obrigado.

Prometo, que a exemplo de vocês, sem descanso e com muita dedicação, continuarei lutando por políticas públicas que amenizem os prejuízos ao setor, seja por pandemias, pestes ou efeitos climáticos, afim de contribuir para a prosperidade da classe e do Brasil.

25 de julho, dia do colono e do motorista!

Celso Maldaner – Deputado Federal Coordenador da Comissão de Agricultura Familiar da Frente Parlamentar da Agropecuária – FPA; Relator da Subcomissão Permanente do Leite – SUBLEITE e membro atuante da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios