DestaquePolítica

Aprovada lei de denúncia contra violência doméstica em farmácias de SC

Foi aprovado por maioria na sessão da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, desta quarta (29) o projeto de lei 174/2020, de autoria da Deputada Luciane Carminatti (PT) que institui o recebimento de comunicação de violência doméstica e familiar contra a mulher por intermédio de atendentes em farmácias e drogarias durante o estado de calamidade pública em SC.

Iniciativa similar já funciona por adesão voluntária através de uma campanha nacional do Poder Judiciário. Agora, assim que for sancionada a lei, todas as farmácias e drogarias funcionarão como ponto de apoio. “As mulheres têm muita dificuldade de se deslocar até a delegacia ou encontrar mecanismos de denúncia, porque estão vigiadas por seus agressores. Nossa lei atende uma recomendação da ONU, de investir em alertas de emergência em farmácias durante a pandemia”.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

A deputada finaliza: “combater a violência doméstica não é uma tarefa somente das mulheres, porque é resultado de uma sociedade composta por homens e mulheres, por isso, a responsabilidade na defesa da vida têm de ser conjunta”.

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios