Destaque

Após golpe milionário, empresário é condenado a 48 anos de prisão

O juízo da 2ª Vara Criminal da comarca de Blumenau condenou um empresário do ramo imobiliário a 48 anos de reclusão, em regime fechado, e 470 dias-multa, pela prática de associação criminosa e 41 crimes de estelionato. Ele cometeu um golpe milionário, vendendo apartamentos na planta, que nunca foram entregues às vítimas. Algumas unidades, inclusive, foram vendidas em duplicidade.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Neste processo, referente a um único edifício, 40 pessoas foram lesadas – um prejuízo aproximado de R$ 4,5 milhões. O mesmo golpe, em relação a outros edifícios em construção em Blumenau, é apurado.

Além do empresário, outro réu foi condenado a três anos e seis meses de reclusão, em regime aberto, substituída por duas restritivas de direitos, e 25 dias-multa, pela prática do crime de associação criminosa e de quatro crimes de estelionato. Um terceiro réu foi condenado a quatro anos e quatro meses de reclusão, em regime semiaberto, e 33 dias-multa, pela prática do crime de associação criminosa e de três crimes de estelionato.

Os réus também foram condenados ao ressarcimento dos prejuízos causados às vítimas. O processo tramita em segredo de justiça. (Com informações do TJSC).

 

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios