Destaque

Apae Chapecó representada em capacitação para dirigentes em Florianópolis

Dirigentes de unidades das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) participaram em Florianópolis do 7º Curso de Presidentes das Apaes de Santa Catarina. A iniciativa foi da Federação Estadual das Apaes (Feapaes SC), com o objetivo de capacitar representantes das 195 afiliadas à federação e entre os presentes esteve o presidente da Apae Chapecó, Leandro Ugolini.

O evento também serviu para a troca de experiências, conforme a presidente da Feapaes, Lorena Starke Schmidt. Para ela, os dirigentes devem ter um norte, para “saber como trabalhar dentro das Apaes, com toda a diretoria, em consonância com toda a equipe da escola, para que o atendimento seja de excelência”.

A importância da integração entre os dirigentes e da capacitação em áreas como administrativa, financeira e tributária é destacada pelo presidente da Apae Chapecó. Leandro Ugolini também assinala a oficialização da destinação de cabines de audiometria para as 18 regionais da Federação das Apaes. Uma delas será instalada em Chapecó, para atender também outros sete municípios e o Centro Associativo de Atividades Psicofísicas Patrick (Capp) em exames que avaliam a capacidade auditiva e para decifrar sons.

Compromissos dos dirigentes

No encontro, os dirigentes destacaram os 15 anos da chamada Lei das Apaes, que garantiu um percentual da arrecadação do Fundo Social para as entidades. Essa lei, de autoria do deputado Julio Garcia, representou um marco histórico no desenvolvimento das Apaes, em função da ampliação do volume de recursos para aplicação nas estruturas e equipes multiprofissionais. Também foi destacado o trabalho da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, mantida pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

O diretor financeiro da Federação das Apaes, Rogério Alves de Andrade, salientou as responsabilidades dos dirigentes. Lembrou que são voluntários, mas têm o compromisso de manter em dia a condução das associações. Já diretora de Ensino, Pesquisa e Extensão da Fundação Catarinense de Educação Especial, Jeane Probst Leite, destacou a importância de manter a documentação em dia, como os planos de trabalho, para garantir o recebimento dos recursos.

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios