DestaqueEventos

Amosc recebe Comenda nos 60 anos do 2° BPM – Fron de Chapecó

O presidente da Associação dos Municípios do Oeste de SC – Amosc, Névio Mortari, prefeito de Paial, representou a entidade na solenidade em comemoração dos 60 anos de implantação do 2° Batalhão de Polícia Militar de Fronteira, nesta sexta (15). Na oportunidade foi agraciado com a Comenda Colaborador do Batalhão, em nome da instituição. “São seis décadas de trabalhos relevantes a sociedade, e ao longo dessa história foram construídas parcerias com entidades, empresas e demais segmentos da sociedade. Muito nos honra, a Amosc receber esse reconhecimento por contribuir com essa história, dos 60 anos do 2°BPM-Fron. Agradecemos e garantimos que continuaremos caminhando juntos, para o bem de toda a comunidade chapecoense e regional”, enfatizou Névio Mortari.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp

O Setor de Engenharia e Arquitetura da Amosc, através da Engenheira Civil, Claudete Skowronski Canal, também recebeu a Comenda, pela participação da entidade na elaboração do Projeto da Casa de Acolhida da Rede Catarina, com área de 370,00 m².

Empresas e entidades empresariais também receberam a Comenda.

 

Policiais militares que construíram e que constroem a história do batalhão foram agraciados e homenageados para marcar a data.

 

Policiais militares foram agraciados com a medalha corpo de tropa de 15, 20, 25 anos de serviço. Bem como também foi entregue a medalha comemorativa aos 60 anos do 2º BPM/Fron.

Também foi realizada a entrega de 15 fuzis, munições e fardamento do canil, com apoio de colaboradores.

 

Os agradecimentos foram entregues pelo atual comandante, tenente-coronel Ademir Barcarollo, e demais autoridades presentes.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios