DestaqueEducação

Administração anuncia retorno das aulas de forma presencial, em fevereiro

As aulas em Chapecó irão voltar a partir de primeiro de fevereiro, no setor privado, e a partir do dia 18 de fevereiro, na rede pública. O retorno foi discutido na manhã desta terça (12), em reunião da administração municipal de Chapecó com representantes do setor privado de educação e vigilância epidemiológica.

“As matrículas podem ocorrer dentro da normalidade pois nós vamos ter o ano letivo de forma presencial. As escolas podem matricular 100%, respeitando o distanciamento. Em algum momento poderá ser necessária uma redução, de 50%, dependendo da situação. Mas nós acreditamos que os números vão melhorar com a chegada da vacina”, disse o prefeito João Rodrigues.

A atual administração tem como orientação fazer o possível, dentro da legalidade, para que as aulas retornem presencialmente.
Durante a reunião vários proprietários de estabelecimentos de ensino relataram dificuldades em manter as estruturas e também os professores com a constante mudança de regras. Também relataram a dúvida dos pais que trabalham e não sabem se a escola ficará aberta ou não. Professores da educação infantil disseram que as aulas virtuais podem até funcionar para crianças maiores, mas perdem muito em qualidade para os menores.

A secretária de Educação de Chapecó, Astrit Tozzo, disse que inicialmente a rede pública municipal iniciará de forma híbrida, sendo uma semana com aula presencial e outra semana com aula virtual, até que seja possível retomar a normalidade.

“Nós temos que respeitar a bandeira que é determinada pelo Estado. Atualmente a bandeira vermelha permite 50% da lotação das salas. Mas até o início das aulas isso pode mudar para 100%. Nós estamos trabalhando para garantir o retorno de forma segura, cumprindo as regras, tanto para os alunos, pais e professores. O retorno não é obrigatório. Mas quem não for terá que cumprir conteúdo pois as crianças não podem perder o ano letivo”, disse a secretária.
Na tarde desta terça-feira a equipe da Secretaria de Educação fará uma reunião em conjunto com a equipe da Secretaria da Saúde para definir a compra dos equipamentos de proteção individual dos professores, como máscaras, e outros materiais necessários para o retorno das aulas.

Somente na rede municipal de ensino são 23 mil alunos.

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios