Polícia

Acusado de matar idoso para roubar celular e R$ 100 é condenado

Um homem foi condenado a 30 anos de reclusão, em regime fechado, pelo crime de latrocínio ocorrido na madrugada de 7 de agosto de 2019, em Ponte Serrada, no Oeste. A vítima, um idoso com necessidade especiais, foi asfixiado por esganadura até a morte. O réu levou um celular (avaliado em R$ 320) e mais R$ 100 em espécie. A sentença foi prolatada pelo juízo da Vara Única da comarca de Ponte Serrada, na quarta-feira (13), nove meses após o crime.

No decorrer do processo, foi constatado que a vítima e o agressor se encontraram em um bar onde o acusado propôs que bebessem juntos em outro lugar. Os dois foram até as antigas instalações de um laticínio, às margens da BR 282. Depois da luta corporal, o autor do crime usou as mãos para apertar o pescoço do idoso até deixá-lo sem vida. O agressor tentou disfarçar o crime, dispôs o corpo da vítima sobre um tapume, como se dormisse, e inclusive cobriu-a com um cobertor. E em uma sala ao lado, no mesmo prédio, o acusado passou a noite.

Mas no dia seguinte, o acusado se envolveu em uma briga e, quando a polícia atendia a ocorrência, ele acusou o outro envolvido de ter assassinado uma pessoa e deixado o corpo no laticínio abandonado. Porém, as investigações realizadas pela Polícia Civil de Ponte Serrada comprovaram a autoria do agora condenado que acabou por confessar a morte do idoso. Ainda cabe recurso da sentença.

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link: https://chat.whatsapp.com/J4WlEehakUP9cOsnsHJ4Ng

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios