Geral

ACIC avalia o ano e projeta ações para 2021

A pandemia provocada pelo novo coronavírus trouxe desafios antes inimagináveis para todos: empresas, pessoas, entidades. Porém, com sabedoria, envolvimento dos diretores, equipe e associados, a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) fez um grande movimento para auxiliar as empresas a superar a crise e contribuir com a comunidade. As ações do ano foram apresentadas pelo presidente Nelson Eiji Akimoto em telerreunião conjunta do Conselho Deliberativo, Conselho Consultivo e diretoria executiva da entidade nesta semana.

Com a eleição em dezembro de 2019, a diretoria executiva da gestão 2020/2021 iniciou os trabalhos imediatamente, compondo o quadro de diretores e, em janeiro, promoveu duas reuniões. Em fevereiro ocorreu um encontro para o planejamento estratégico dos próximos dois anos e, em março, a posse festiva, com o lançamento do slogan “ACIC: A Casa do Empreendedor”.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

Porém, com o início da pandemia em março, as ações precisaram ser repensadas. No dia 17 de março foi criado o Grupo de Gestão da Ordem Pública, com participação da ACIC, CDL, Sicom, CEC, Prefeitura, órgãos de segurança pública, vigilância sanitária e empresas que teve atuação fundamental durante a pandemia. No dia 18 do mesmo mês foram suspensas as atividades econômicas não essenciais e houve restrição de circulação de pessoas no município. No dia 23 a ACIC promoveu sua primeira tele reunião e anunciou as dez medidas de apoio aos associados. Hoje, são 20 medidas que vem fortalecendo, através do associativismo, as empresas, a comunidade e as pessoas.

Entre as ações estiveram a postergação da cobrança da mensalidade, orientação jurídica e tecnológica gratuita, disponibilização de informações no site da ACIC, projeto de mentoria solidária, programa de webinars, criação de um grupo de classificados no Telegram, campanha de doação de sangue, orientações sobre saúde em parceria com a Unimed e parceria com o Sebrae no apoio à retomada das atividades com disponibilização de um conjunto de protocolos com orientações aos empresários.

A campanha Salve Vidas foi um dos destaques, com arrecadação de R$ 1.018.815,36 para o Hospital Regional do Oeste (HRO) adquirir equipamentos para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O Fundo Garantidor ACIC/GaranteOeste disponibilizou recursos financeiros aos associados com flexibilidade de prazos de carência. Também foram feitas parcerias com instituições financeiras para oferta de crédito. Ações junto aos governos contribuíram para a prorrogação de tributos e o gradual retorno das atividades econômicas.

Fortalecendo a economia

A ACIC também motivou a comunidade a comprar das empresas locais, com a campanha “Pequenas Ações e Grandes Atitudes” e criou o selo “Produzido em Chapecó”, para fortalecer e valorizar as empresas, os produtos e os serviços feitos no município. A campanha “Faça parte da ACIC – Apenas R$ 1 Por Dia” possibilitou que novos negócios se associassem à entidade, com foco em microempreendedores Individuais (MEIs), micro e pequenas empresas. “O objetivo foi possibilitar que os pequenos negócios conseguissem se associar, conhecer a força do associativismo e aproveitar a rede de descontos e benefícios exclusivos que a entidade oferece, passar por tudo isso e prosperar”, comentou Akimoto.

 A ACIC manteve sua representação em 29 entidades de Chapecó e realizou eventos já programados, mas adaptados para o formato on-line, como o Vida Empresarial e o Empresário do Ano, que proclamou todos os empreendedores como Empresário do Ano 2020. Também participou no desenvolvimento do Festival Gastronômico e da Semana do Brasil. Outra ação foi a campanha “Vocês nos Inspiram”, com homenagens aos setores que não cessaram suas atividades.

Outra campanha desenvolvida neste ano e que terá continuidade em 2021 é a “Reforma tributária: se não for agora, será quando?”. A ACIC também lançou o Portal Social e o Relatório de Responsabilidade Social. Dos eventos que a ACIC promove, a Mercoagro foi transferida para março de 2022.

Núcleos empresariais e metas para 2021

Os núcleos da ACIC também se reinventaram e mantiveram a programação do ano. Foram realizadas 128 reuniões, 35 capacitações e cinco eventos com envolvimento de quase 4 mil pessoas. A entidade possui 13 núcleos empresariais com participação de 291 empresas. O destaque deste ano foi para a criação de um novo grupo: o Núcleo das Escolas Particulares, que iniciou suas atividades em novembro.

Durante 2020, a diretoria promoveu 45 reuniões semanais. A ACIC participou de 38 reuniões externas, de 30 eventos e promoveu 700 telerreuniões. Para o próximo ano, tem traçadas nove diretrizes, com 72 objetivos estratégicos e 190 ações. Entre as metas para 2021 estão: fidelizar o associado e ampliar o quadro de novos associados; fortalecer e ampliar os núcleos empresariais; descentralizar as atividades; estruturar a entidade para prosperar com sustentabilidade; estar próxima à gestão pública municipal, colocando-se à disposição para colaborar no desenvolvimento sustentável do município; realização do ACIC + Gestão; lançamento do livro “Vida Empresarial”; e estudo para edificação de novo prédio para as entidades empresariais no Cesec.

“Vamos continuar cumprindo a nossa missão de representar os segmentos econômicos, sendo um agende de mudanças e evolução, atendendo as necessidades dos nossos associados e fortalecendo a classe empresarial para que melhore o seu negócio, em sintonia com o desenvolvimento sustentável”, concluiu o presidente da ACIC.

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios