Geral

ACIC apoia projetos do Corpo de Bombeiros em Chapecó

A chance de se afogar é duas mil vezes maior do que morrer em um acidente de trânsito. Esse dado preocupa o Corpo de Bombeiros de Chapecó que desenvolve projeto com crianças e adolescentes para educar e conscientizar sobre os cuidados em praias, rios, lagoas e piscinas. O relato foi feito nesta semana para a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), em reunião na sede da corporação no município. Participaram o presidente Nelson Eiji Akimoto, o diretor de Micro e Pequenas Empresas Daniel Bet, o diretor executivo Fabio Luis Magro, o comandante do 6º Batalhão de Bombeiro Militar, tenente-coronel Hilton de Souza Seferino, o subcomandante major Anderson de Medeiros Sarte e a assistente social Fabiane Ribeiro.

De acordo com o comandante, no Brasil o afogamento está entre as cinco principais causas de morte até os 29 anos e entre as três principais até os 19 anos. “Temos um cenário diferente entre água doce e água salgada. O índice de afogamento no litoral é pequeno. Para cada morte por afogamento em água salgada registrada em Santa Catarina há seis óbitos em água doce. Além disso, o serviço de guarda-vida é mais difícil em locais que não são pontos turísticos, como rios e açudes que ficam em propriedades particulares”.

Para trabalhar com a prevenção a afogamentos, o Corpo de Bombeiros realiza desde os anos 2000 o Projeto Golfinho. Trata-se de um programa de conscientização e prevenção sobre os perigos dos ambientes aquáticos, cidadania e meio ambiente. A finalidade é educar o público infanto-juvenil orientando de maneira lúdica sobre a utilização segura das praias, rios, lagoas e piscinas.

Até 2017 o programa era realizado apenas no litoral. Na temporada 2017/2018 ocorreu em Chapecó e em Itá, expandindo para outros municípios do interior do Estado. Na região de atuação do 6º BBM, o projeto iniciou com 150 alunos de 9 a 14 anos, na temporada 2019/2020 foram 600 crianças e a expectativa para 2020/2021 é chegar em 1.500 alunos.

Para expandir o projeto e possibilitar atendimento o ano inteiro, a corporação tem projeto para construir uma piscina de 25 metros, coberta e com aquecimento. “Nossa intenção é somar esforços, junto com o poder público e a classe empresarial, para que esse projeto se torne realidade o mais breve possível. Estamos avaliando o local para a construção. Será um espaço para potencializar o processo socioeducativo e também para atividades de esporte e lazer”, relatou Seferino.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região pelo WhatsApp!

O presidente da ACIC colocou a entidade à disposição para contribuir com a proposta. “Temos o Núcleo de Academias que pode auxiliar e como uma das ideias é adquirir recursos por meio do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) ou da Lei de Incentivo ao Esporte, podemos ajudar com o reforço na conscientização dos empresários em doar 1% do Imposto de Renda para o projeto”. Akimoto ressaltou que a ACIC agendará reunião com o Núcleo e contribuirá em outras etapas, sempre que for necessário. “Acompanhamos a atuação do Corpo de Bombeiros, estando sempre próximos para contribuir. Esse é mais um projeto importante que beneficiará Chapecó e região”, finalizou.

Após a reunião, foi feita visita às novas estruturas da corporação, inauguradas em fevereiro deste ano. (MB Comunicação).

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios