Geral

Abril Marrom: Prevenção e diagnóstico precoce podem evitar 80% dos casos de cegueira

No Brasil, há cerca de 1,2 milhão de pessoas cegas – um número que poderia ser muito menor se houvesse um diagnóstico e tratamento precoce da doença. Segundo a Organização Mundial de Saúde, a cegueira pode ser revertida em até 80% dos casos que têm acompanhamento médico desde os primeiros sintomas.

Para conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce de doenças da visão, a campanha Abril Marrom alerta sobre os principais males que podem levar à cegueira. “Os olhos podem ser afetados por mais de três mil doenças. Destas, quatro são as principais causas da perda de visão: a catarata, a degeneração macular da idade, glaucoma e problemas derivados da diabetes (retinopatia e edema macular diabético)”, esclarece o Dr. Ayrton Ramos, presidente da Associação Catarinense de Oftalmologia, entidade que apoia as ações de conscientização do Abril Marrom em Santa Catarina.

Clique aqui e receba notícias de Chapecó e Região, do Brasil e do mundo pelo WhatsApp!

A catarata, que causa embaçamento e diminuição da visão, é uma das doenças que mais levam à cegueira, mas o problema é reversível com a cirurgia de implante de uma lente dentro do olho. Em casos mais avançados, porém, a perda da visão pode ser irreversível, alerta o Dr. Ayrton. Para os idosos, outro fator de risco é a degeneração macular da idade, que afeta a retina central e pode também não ter cura se não for tratada a tempo. O mesmo ocorre com as doenças da visão decorrentes da diabetes.

Para o presidente da Associação, uma das enfermidades que demandam mais cuidados é o glaucoma. “Trata-se de uma enfermidade traiçoeira, que não apresenta sintomas no começo e quando o paciente percebe que há um problema, acaba sendo muito tarde para que os tratamentos tenham o efeito necessário para reverter a perda de visão”, comenta.

A melhor forma de prevenir a cegueira é a realização de consultas com médicos oftalmologistas, especialmente para quem tem mais de 40 anos. A partir desta idade, o mais indicado é a realização de consultas anuais. “Mas a prevenção não tem idade, seja para crianças, jovens, adultos e idosos. Por meio de exames oftalmológicos é possível descobrir uma série de outros problemas de saúde que vão além da visão”, diz o Dr. Ayrton Ramos.

Para quem quer saber mais sobre as doenças oculares, formas de prevenção e tratamentos necessários, a Associação Catarinense de Oftalmologia disponibiliza em seu site (www.sociedadesco.org.br) a cartilha online “Saúde dos Olhos”, que faz parte de uma campanha de conscientização inédita no país e que já distribuiu mais de 5 mil exemplares para a população, órgão de saúde e setores do poder público. Casa de Lá Gracia Comunica

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios