Blogs e ColunasPolítica

COLUNA EDER BOARO: Desculpa Regina!

O ano era 2002, período de pleito eleitoral. No auge de minha impetuosidade ideológica, ainda vibrava com a vitória, quatro anos antes, do “Galo Missioneiro”, o Governador Olívio Dutra, derrotando o “neoliberal” Antônio Britto e abrindo espaço para um voo nacional do socialismo. Para isso, lutava contra qualquer política que eu julgava nos tornar subservientes aos EUA, bradando não permitir que nossa nação viesse a ser uma sucursal do que acreditava ser o imperialismo americano, que vitimava países com suas atrocidades bélicas.

Via, ingenuamente, esse representante dos Yankes em José Serra e acreditava que, o outrora exilado, candidato tucano era de espectro liberal. Recordo-me dessa preocupação pessoal, mesmo diante de um cenário em que nenhum dos candidatos à presidência tivesse aspectos de direita, fato não percebido por mim, pela cegueira ideológica que me tomava. Durante a campanha eleitoral, após a definição de segundo turno entre Serra e Lula, Regina Duarte apareceu na propaganda dos tucanos e disse uma frase que marcou sua trajetória. “Eu tenho medo”, nos alertando sobre o que nos esperava com o governo do PT.

Naquele momento, para mim e milhares de brasileiros de esquerda, a eterna namoradinha do Brasil perdia o respeito. Xingamentos, manifestações raivosas e uma torcida fervorosa para que tivesse fracassos em sua carreira pautaram os nossos odiosos corações, por ela ousar dizer que tinha medo de Lula, nosso, então, salvador da pátria.

O tempo passou, o PT assumiu o poder e, de forma populista e irresponsável com as contas públicas, criou uma bolha de crescimento insustentável que ajudou os publicitários, muito bem pagos pelo governo, a criarem o slogam “a esperança venceu o medo”. Até meados de 2010 eu continuava vivendo o fascínio da estrela e vendo na atriz global uma inimiga do Brasil.

Hoje, olhando o passado patrocinado por Lula e Dilma e percebendo a crise econômica sem precedentes que nos assolou, aliado a corrupção histórica e ao loteamento de cargos públicos para militantes partidários, percebo que Regina Duarte foi uma corajosa brasileira que tentou alertar o povo sobre o mal que se aproximava. Dezoito anos depois, estando mais maduro, pagando impostos e entendendo o mal que o socialismo promove por onde governa, preciso, publicamente, reparar meu erro e humildemente pedir desculpas a Regina Duarte…

Eder Boaro é instrutor Master Mind e colunista político

Receba Notícias no seu WhatasApp?
Clique no link:  https://chat.whatsapp.com/IqM6dk1CKP9BPRhRZlDv3E 

 

Etiquetas

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios